Uso de complexo protrombínico – Uma realidade?

João Cavalcanti de Albuquerque Neto

Alexandre de Matos Soeiro

Não são raros os casos de intoxicação varfarínica em que temos que reverter o efeito anticoagulante na unidade de emergência. Diversos estudos têm mostrado superioridade do uso de complexo protrombínico (CPT) sobre o plasma fresco congelado (PFC) nessa situação. Trata-se de um concentrado de fatores de coagulação II, VII, IX e X em pouco volume. Apesar dessas ressalvas, no Brasil seu uso ainda é limitado, por desconhecimento e também por alto custo.

Trabalho recente, retrospectivo e realizado no InCor em São Paulo, comparou a efetividade de reversão do efeito anticoagulante da varfarina entre o CPT x PFC em pacientes com intoxicação varfarínica grave. O sangramento mais comum foi o grastrointestinal (31.7%), seguido do muscular (24.4%), urinário (18.1%) e intracraniano (13.2%). A reversão (INR < 1,5) em 2 horas foi de 33,3% no grupo CPT e 6,6% no grupo PFC (p = 0,001). Devido ao volume administrado em pacientes que receberam PFC, a incidência de edema agudo de pulmão foi de 5,6% no grupo CPT x 42,9% no grupo PFC (OR = 11,10, p = 0,04).

Acredita-se que em breve o uso de PFC deve ser substancialmente reduzido e substituído pelo CPT, já que se trata de algo mais definitivamente mais eficaz.

 

Referência: Soeiro AM, et al. Open Journal of Emergency Medicine, 2017, 5, 75-84.

Alexandre de Matos Soeiro

• Médico Assistente e Supervisor da Unidade Clínica de Emergência - InCor (HCFMUSP). • Coordenador do Curso Nacional em Emergências Cardiológicas • Médico Assistente Homenageado pelas Turmas de 2012 a 2014, 2013 a 2015, 2014 a 2016, 2015 a 2017 e 2016 a 2018 de Residentes/Estagiários do InCor-HCFMUSP. • Vencedor do Prêmio Jovem Investigador - Josef Feher do Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo em 2015 • Coordenador da Liga de Emergências Cardiovasculares do InCor - HCFMUSP. • Professor Convidado de Graduação do Terceiro, Quarto e Sexto Anos da FMUSP. • Preceptor homenageado pela Turma 94 de graduação da FMUSP • Médico Preceptor em Cardiologia - InCor - HCFMUSP - 2011. • Especialista em Medicina de Emergência pela ABRAMEDE. • Especialista em Cardiologia pela SBC. • Residência Médica em Cardiologia - InCor - HCFMUSP. • Especialista em Clínica Médica pela SBCM. • Residência em Clínica Médica - HCFMUSP. • Graduação em Medicina pela FMUSP. • Instrutor Ativo de Cursos de ACLS - LTSEC - InCor - HCFMUSP. • Instrutor Ativo de Cursos SAVICO (Suporte Avançado de Vida em Insuficiência Coronária) e SAVIC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *