Qual o Melhor Tipo de Stent? – Convencional ou Farmacológico?

Marcela Devido

Alexandre de Matos Soeiro

Bruno Biselli

Múcio Tavares Oliveira Jr.

Diversos estudos foram publicados até o momento comparando o uso de stents convencionais e farmacológicos. O desfecho utilizado sempre foram eventos combinados, como morte, reinfarto e necessidade de reintervenção. No entanto, nenhum estudo usou como evento primário ou mostrou diferença significativa em mortalidade. Dessa forma, estudo prospectivo, multicêntrico e randomizado chamado NORSTENT trial publicado recentemente, mostrou uma análise comparativa entre stent convencional e farmacológico (everolimus ou zotarolimus) em pacientes submetidos à angioplastia coronária.

Foram incluídos 9.103 pacientes no total seguidos por uma média de 5 anos. Cerca de 70% eram pacientes com síndrome coronária aguda e 40% tinham lesão multiarterial. A média de stents colocados foi de 1,6-1,7/paciente. Não houve diferença no desfecho primário (16,6% no grupo farmacológico vs. 17,1% no grupo convencional, HR = 0,98, p = 0,66). Observou-se diferença na taxa de reintervenção, sendo de 16,5% no grupo farmacológico e 19,8% no grupo convencional (HR = 0,76, p < 0,001), respectivamente.

 

Referência: Bonaa KH, et al. N Engl J Med 2016;375:1242-52.

Alexandre de Matos Soeiro

• Médico Assistente e Supervisor da Unidade Clínica de Emergência - InCor (HCFMUSP). • Coordenador do Curso Nacional em Emergências Cardiológicas • Médico Assistente Homenageado pelas Turmas de 2012 a 2014, 2013 a 2015, 2014 a 2016, 2015 a 2017 e 2016 a 2018 de Residentes/Estagiários do InCor-HCFMUSP. • Vencedor do Prêmio Jovem Investigador - Josef Feher do Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo em 2015 • Coordenador da Liga de Emergências Cardiovasculares do InCor - HCFMUSP. • Professor Convidado de Graduação do Terceiro, Quarto e Sexto Anos da FMUSP. • Preceptor homenageado pela Turma 94 de graduação da FMUSP • Médico Preceptor em Cardiologia - InCor - HCFMUSP - 2011. • Especialista em Medicina de Emergência pela ABRAMEDE. • Especialista em Cardiologia pela SBC. • Residência Médica em Cardiologia - InCor - HCFMUSP. • Especialista em Clínica Médica pela SBCM. • Residência em Clínica Médica - HCFMUSP. • Graduação em Medicina pela FMUSP. • Instrutor Ativo de Cursos de ACLS - LTSEC - InCor - HCFMUSP. • Instrutor Ativo de Cursos SAVICO (Suporte Avançado de Vida em Insuficiência Coronária) e SAVIC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *